Livro Completo
EMOÇÃO, ingrediente vital - 22/11/02 (na verdade, escrito em 23/11/02 pela manhã)

Emoção de ver a alegria de alguém, ou até mesmo a nossa; de ver alguém passando por um momento difícil; de poder ajudar, ou de ter a pior de todas as sensações que é "não poder fazer nada para ajudar"; de receber notícias de alguém que está longe; de ler uma frase ou ver um filme, ou simplesmente ouvir aquela música que já se ouviu um milhão de vezes, mas que naquele exato momento, te trouxe uma emoção descomunal, um sentimento de força espetacular!

O dicionário define emoção como: "agitação de sentimentos". Perfeita! Isso mesmo, intensa ou não, positiva ou negativa, é uma completa agitação de sentimentos... Que sempre gera algum resultado.

Devemos apenas ter o cuidado para não deixarmos apenas a emoção guiar nossos passos. Precisamos, em alguns momentos, transformar esta agitação em algo racional e cabível de ser realizado.

Por que falar de emoção? Simplesmente porque tenho sentido vários momentos de grandes emoções nos últimos dias. Emoções fortes, sentimentos futuros e passados que vêm revirando minha cabeça. Vontade de fazer contato com pessoas que tiveram grande importância na minha vida, que me fizeram crescer, e até de criar oportunidade de dizer isso a elas. Com certeza, alguma "agitação de seus sentimentos" também acontecerá! E isso é o que importa! Fiquei até com vontade de voltar ao passado, e este ano, enviar cartões reais, aqueles que o correio entrega (bem coisa do passado). Vou criar algo assim este final de semana!

E falando de tal agitação de sentimentos, quem mais além do meu PP para ser responsável por ela nestes últimos dois anos e quase dez meses? Ontem, recebi seu e-mail, e como eu já esperava, estávamos juntos em Burgos.

Estou cada vez mais apaixonado pelo caminho, e tudo que está me acontecendo. cada dia mais acho que o cara lá de cima está ao meu lado. Tenho muitas novidades, mas por incrível que pareça usar a Internet aqui é mais complicado que no Peru. Estou feliz apesar da dura caminhada, do duro caminho e do mal tempo que estou enfrentando, cada dia é uma aventura diferente. Estou em Burgos, e apaixonado pela cidade, ela tem luz romântica, é o máximo. Beijos Alexandre.

A caminhada ser dura, o mau tempo, não me deixam preocupada demais (só um pouquinho na verdade), pois já estávamos esperando por isso! Ele me parece bem, me mandou outros dois e-mails, em um dizia não poder escrever muito porque tinha que estar no albergue até às dez para evitar de ter que dormir na rua. Nesta hora fiquei pensando que ele vai voltar com seus horários todos trocados.

Então vamos falar de Burgos, não é? Burgos foi fundada em 884 e segundo nos informa a bibliografia sobre o caminho, deve parte de sua existência à peregrinações. Já houve épocas de se ter mais de 30 hospedarias para peregrinas, e durante séculos, foi uma das cidades mais importantes da Espanha. A catedral de Burgos é uma das mais famosas do mundo, tem torres de pedra que apontam para o céu e levou três séculos para ser construída. Dizem que Burgos é a maior cidade de todo caminho. Segundo PP, tem luz romântica (chamamos assim, aquela luz que ilumina as ruas e que é meio amarelada e cria um clima "romântico" nas ruas das cidades - aqui no Rio, pode-se ter um bom exemplo dela na Praça Paris, na Glória), e é super linda. Tomara que ele a tenha curtido bastante, e principalmente tenha tirado muitas fotos para nos mostrar depois (acho difícil...). Abaixo, uma foto de Burgos: